SOBRE


ANA AVILA

PISCINAS PARA O VERÃO

Terça-Feira | 13 de Setembro

Vem chegando o verão e, portanto, está na hora de começar a sua tão desejada piscina! O primeiro passo é chamar um arquiteto para lhe orientar na escolha do material, formato, cor e no deck e no paisagismo que envolvem a piscina. Mas vou adiantar algumas dicas:
PROFUNDIDADE:

Em uma mesma piscina é possível encontrar profundidades diferentes criando espaços e economizando energia
PROFUNDIDADE:

Em uma mesma piscina é possível encontrar profundidades diferentes criando espaços e economizando energia
PROFUNDIDADE:

Em uma mesma piscina é possível encontrar profundidades diferentes criando espaços e economizando energia
PROFUNDIDADE:

Em uma mesma piscina é possível encontrar profundidades diferentes criando espaços e economizando energia
Nesta imagem ilustramos os espaços que podem ser criados na piscina. Na região do lava-pés pode-se colocar algumas cadeiras e pegar sol com água ao seu redor para refrescar o banho de sol. A prainha é ideal para crianças de 1,00m (um metro) de altura pois ela fica exatamente no nível de segurança para os pequenos. Na área infantil crianças de até 9 anos podem brincar seguras na piscina. A região familiar é a profundidade tradicional nas piscinas plásticas e é uma boa profundidade por ser democrática com diversas alturas. Por fim a profundidade convencional é a recomendada para adultos que gostam de nadar e mergulhar. É mais utilizada em piscinas projetadas.
BORDA INFINITA
Faz algum tempo e ainda continua sendo tendência para quem tem um terreno propicio e uma vista bonita para contemplar. Nada mais é do que uma calha de transbordamento ligada à um reservatório e uma bomba que fará a àgua circular e retornar ao corpo principal da piscina. Tecnicamente é bastante simples, mas o efeito é realmente um espetáculo!


MATERIAIS:

Você pode escolher tanto entre as piscinas de fibra, as de concreto revestidas com pastilhas ou com bolsão vinílico, as piscinas com partes em vidro (que são super tendência em projetos arquitetônicos) e por fim as piscinas com materiais especiais que recriam paisagens da natureza com seus revestimentos atérmicos e antiderrapantes.
Seguem alguns exemplos para ajudar a você escolher seu modelo favorito:
FIBRA
Piscinas prontas de diversos modelos. Sua principal vantagem é a fácil instalação e o pouco tempo de obra. O custo também é uma vantagem das piscinas de fibra, pois aqui só será necessário escavar o terreno e embutir a piscina escolhida.
VINIL
São bolsões plásticos que permitem execução de qualquer modelo, com curvas, linhas retas ou orgânicas. Diversas cores e estampas para escolher. Não necessita impermeabilização. As estampas que imitam pastilhas ainda são as mais escolhidas.
CERAMICAS ou PASTILHADAS
Aqui como em todas as piscinas que não são de fibra será necessário construir uma piscina em concreto(com ferragem devidamente calculada por um engenheiro civil).
O revestimento em cerâmica, pastilhas de vidro de diversas cores e formatos é que darão o charme especial.
VIDRO
Não, não quebra! Os vidros são especiais para aguentar a pressão da água e ficarem submersos! Puro Charme!

PAISAGENS NATURAIS
Essa acredito ser a maior tendência no momento.
O material é atérmico, não cria limo, fácil manutenção e limpeza. Permite recriar rochas com cascatas, bordas em rampas suaves, escorregadores, tudo revestido mas realmente parecendo uma paisagem natural na sua própria casa!


Outros itens serão importantes para seu conforto e para o sucesso do projeto da sua piscina, como impermeabilização, aquecimento, iluminação, jatos de massagem, cor, material das bordas e do deck e o paisagismo. Para isso pela auxilio a seu arquiteto e depois é só aproveitar o sol!

Share on Google+

2015 - GURIAS BACANNAS | Desenvolvido por Zifi - Estúdio Digital